Unorthodox (Nada Ortodoxo)

por Francisco Raposo
917 visualizações

Uma mini-série baseada no romance auto-biográfico de Deborah Feldman, que conta a história de uma jovem que resolve abandonar o seu mundo num bairro judeu ortodoxo em Nova Iorque e fugir para Berlim porque, e citando a protagonista num dos diálogos mais conseguidos da narrativa, “God expected too much of me”. Aliás, esta incapacidade de cumprir o seu desígnio, e a tentativa de lidar com isso, acompanha a personagem, maravilhosamente interpretada pela jovem israelita Amit Rahav, ao longo dos quatro episódios. Desempenho esse que me apanhou totalmente desprevenido pois o trailer não faz jus à mini-série.

Adiante: há um momento verdadeiramente marcante na série quando a personagem principal conhece um grupo de jovens músicos que são o seu oposto, abertos ao mundo, progressistas e diversos, e acompanha-os num passeio a um lago em Wannsee. Lá, os jovens despem-se e correm para dentro de água. Esty, o nome da personagem principal, fica a observá-los da areia, num momento tenso em que tenta controlar a tentação de abandonar quem é para encontrar o seu próprio caminho. Lentamente, meio trémula, Esty acaba por caminhar para dentro da água, vestida, pois um ortodoxo não mostra o corpo, e, dentro de água, retira a peruca (uma sheitel, usada pelas judias ortodoxas após o casamento) revelando a sua cabeça rapada. Então, e num momento de coragem, mergulha de costas nas águas calmas do lago numa cena que nos recorda um baptismo cristão invertido pois a personagem está a desconverter-se à religião. E sublinho religião em vez de crença.

No entanto, não pensem que a série fica pela componente religiosa pois rapidamente evolui para um thriller bem conseguido. Em Nova Iorque, os seus antigos pares não lidam bem com as fugas daquelas que nasceram para conceber e cumprir os desígnios de Deus e lançam-se numa demanda cujo objectivo é levá-la de volta ao mundo que abandonou e que oferece o ritmo à série e prende o espectador até ao fim.
Uma excelente surpresa.

Foto de: Donald Friedman

Related Posts

Este site usa cookies para melhorar a tua experiência. Esperamos que não tenhas problema com isso, podes sempre fazer opt-out. Aceitar Ler mais

Privacidade & Política de Cookies