26/10/21 Encontro “ Boas Práticas” na Biblioteca José Saramago Algoritmos, Emoções e Bibliotecas

por M Isabel Rodriguez
564 visualizações

Juntamente com a Diana, saímos da aula de Educação Física o mais depressa possível. Se bem me lembro, estávamos com medo de chegar atrasadas e deixar o resto do grupo à espera, por isso até pedimos à professora para nos dispensar mais cedo. Apesar da nossa pressa, ainda fomos as primeiras a chegar, e como tal aproveitámos o tempinho extra para comer qualquer coisa (quem diria que um cocktail de nervos e atividade desportiva daria tanta fome?).

O professor Joaquim encontrou-se connosco no portão e ainda pode testemunhar um pouco da minha graciosidade a comer maçãs, enquanto a Diana revelava a despensa de snacks saudáveis que tinha na mochila. Foram momentos bem passados.

De seguida, o professor guiou-nos para lá do portão, onde já o nosso afável motorista e a sua carrinha de portas corridas nos esperavam. Eu e a Diana, ainda cansadas da nossa última aula, retirámo-nos para os lugares traseiros para descansar, e, entre alguns minutos de discussão e partilha de nervos, depressa chegaram os restantes membros da equipa. Assim partimos.

A viagem foi animada, com algumas tentativas de fotos de grupo e uma épica batalha entre adolescentes e uma das janelas da carrinha,

 Para quem esteja interessado em saber informamos que a janela ganhou. Num piscar de olhos, a Biblioteca José Saramago encontrava-se perante nós. Devo admitir que a ansiedade subiu mais uns níveis nessa altura.

Fomos guiados para uma sala ampla e cinzenta, já organizada para as apresentações dessa tarde, que rapidamente se encheu de caras conhecidas e desconhecidas (mais da segunda opção). A partir daqui a narração torna-se rápida. Após alguns tortuosos minutos de preparação e espera em frente ao público que parecia multiplicar-se cada vez que eu desviava o olhar, foi-nos finalmente dada a palavra e a nossa apresentação começou.

Afirmo com certeza que todos nós fizemos um bom trabalho. Cada um com a sua maneira de falar, fomos apresentando o jornal, exibindo-o tópico por tópico, e apesar dos nervos, penso que tudo correu bem. Ainda assim, não consegui escapar sem que o professor me pregasse um susto, lançando-me uma questão para a qual não me tinha preparado. Talvez por causa dos nervos, não me lembro muito bem do que disse, mas visto ter saído de lá inteira, acho aceitável deduzir que me saí okay.

Foram-nos oferecidos brindes coloridos com os quais depois tirámos A Foto de Grupo, e quase tão depressa como tínhamos entrado, já estávamos a virar costas ao imponente edifício.

A viagem de regresso foi igualmente agradável: partilhámos opiniões e perspectivas da apresentação dada, e felicitámo-nos uns aos outros pelo bom trabalho. 

Isabel Rodiguez

Related Posts

Deixa um Comentário

Este site usa cookies para melhorar a tua experiência. Esperamos que não tenhas problema com isso, podes sempre fazer opt-out. Aceitar Ler mais

Privacidade & Política de Cookies